Luta por benefícios não é de agora!

A luta contra os impecílios não vem de agora. Já em 2010 na busca por melhorias salatiais enfrantamos ações excusas, clique e relembre.

Reunião com o "representante" para reivindicações - 2011

Em reunião com o "reprensentante" da categoria cobramos posiocionamento em relaçõa à algumas demandas pontuais em relaçõa à PMDF.

Primeira carreata da cobrança - maio de 2011

O RECADO FOI DADO, CARREATA DA COBRANÇA.

MAIS DE 10 MIL PMs E BOMBEIROS SE REÚNEM NA PRAÇA DO RELÓGIO

PARABÉNS AOS COLEGAS PELA DEMONSTRAÇÃO DE UNIÃO, PARTICIPAÇÃO E DISCIPLINA.

Várias reuniões em busca de melhorias para as categorias- 2012

Resultado da reunião com a bancada dos deputados federais e senadores do DF com o Movimento Unificado da PM e BM, ocorrida na Câmara dos Deputados.

Convocação para mobilização 2010

Sempre buscamos esclarecer e mostrar os melhores meios possíveis para o êxito das reividicações.

Maior assembleia PM e BM DF

PMs e Bombeiros Militares de Brasília realizam o maior movimento reivindicatório já registrado no DISTRITO FEDERAL.

25 de set de 2016

Governador da Paraíba extingue a prisão administrativa na Polícia Militar

O governador da Paraíba, Ricardo Coutinho, assinou decreto que proíbe a prisão administrativa de policiais militares, o que veda o cerceamento da liberdade de profissionais por pequenas faltas cometidas administrativamente. Com a assinatura, que foi proposta pelo comandante geral da Polícia Militar, coronel Euller Chaves, o estado dá um salto em relação a várias polícias militares do Brasil, que atualmente reivindicam no Congresso Nacional a extinção da prisão disciplinar, como é chamada a prisão administrativa. 


Em Santa Catarina ainda persiste a determinação arcaica, uma conveniência política criada no passado e que abre espaço para a arbitrariedade contra os policiais, o que possibilita que um PM seja preso apenas por prestar continência fora dos padrões.

Em âmbito nacional, o projeto saiu agora da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania do Senado Federal e aguarda para ir ao plenário da casa. A proposta foi uma iniciativa da Anaspra, tendo como autor o deputado Gonzaga e o apoio total e irrestrito da Aprasc.

Paraíba
Conforme o decreto Nº 36.924/2016, publicado no Diário Oficial desta quinta-feira (22), a punição continua para efeitos de anotação na ficha do PM e classificação de comportamento, não existindo mais o fato de prender o policial que chegou atrasado ao serviço, por exemplo.O fim da prisão disciplinar não elimina a aplicação dos códigos penais militar e comum. Policiais militares de toda a Paraíba comemoram a conquista, já que adequa a profissão de policial militar ao atual estado democrático direito.




Exemplos: Paraíba e Minas Gerais
Conforme o Decreto nº 36.924/2016, publicado no Diário Oficial desta quinta-feira (22), a punição continua para efeitos de anotação na ficha do PM e classificação de comportamento, não existindo mais o fato de prender o policial que chegou atrasado ao serviço, por exemplo.O fim da prisão disciplinar não elimina a aplicação dos códigos penais militar e comum. Policiais e bombeiros militares de toda a Paraíba e do país comemoram a conquista, já que adéqua a profissão de militar estadual ao atual estado democrático direito.

O primeiro Estado a abolir a prisão administrativa foi Minas Gerais. Os militares mineiros extinguiram o regulamento disciplinar e trocaram pelo Código de Ética e Disciplina da Polícia Militar do Estado de Minas.

Fonte: ANASPRA e APRASC

MPDFT dá prazo de dez dias para que delegacias voltem a funcionar normalmente

Foto: Raphael Ribeiro/Cedoc

O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) deu um prazo de dez dias para que as delegacias voltem a funcionar 24 horas por dias e que os agentes cedidos para cargos administrativos voltem aos quadros da corporação. De acordo com o órgão, se a recomendação não foi atendida, a Justiça será acionada.
“Providencie, o retorno para a Polícia Civil do DF, de Delegados de Polícia e Agentes de Polícia, revogando os atos de cessão e nomeação dos referidos servidores públicos, que estão ocupando cargos administrativos em Secretarias ou outras unidades do Poder Executivo do Distrito Federal, e realize a adequação da alocação de Delegados de Polícia e Agentes de Polícia nos demais compartimentos e estruturas da Polícia Civil do DF, na medida e tanto quanto necessário para restabelecer o pleno funcionamento das Delegacias de Polícia Circunscricionais em regime de plantão”, recomendou Maria Rosynete de Oliveira Lima, procuradora distrital dos Direitos do Cidadão.
Promotores do MP entendem que a redução de horário nas delegacias compromete o atendimento à população, principalmente nas áreas de baixa renda. O órgão também afirma que a paralisação impossibilita a comunicação de um crime, o que pode aumentar a criminalidade.
Fonte: Jornal de Brasília

Filippelli deverá ser o nome do Planalto para 2018 no DF

Por Delmo Menezes
O assessor especial da Presidência da República e ex-vice-governador do Distrito Federal, Nelson Tadeu Filippelli (PMDB), deverá participar das eleições majoritárias de 2018 como candidato apoiado pelo governo de Michel Temer (PMDB).
Interlocutores afirmam que apesar de não poder declarar oficialmente, Filippelli tem grandes chances de assumir um cargo relevante na área federal, após a reforma ministerial que Temer deverá realizar, o que lhe dará posição de destaque no cenário político da capital, de olho em 2018.
O ex-governador sabe como poucos “ciscar para dentro”, compondo com novos aliados ou até mesmo desafetos do passado. Entre uma conversa e um “cafezinho”, consegue novas adesões formando assim uma aliança suprapartidária ao projeto majoritário no DF, agora com as bênçãos do presidente Temer.
Assessores próximos, afirmam que o presidente regional do PMDB-DF, tem conversado costumeiramente com os deputados Fraga, Rosso, Izalci, Eliana Pedrosa, Alírio Neto e com o ex-candidato ao governo do DF, Jofran Frejat. Tudo indica que deste grupo, sairá uma chapa forte, com vistas às eleições majoritárias em 2018.
Vamos aguardar, porque muita “água ainda deverá rolar por debaixo desta ponte”, e a cada dia somos surpreendidos com fortes emoçoes!
Fonte: Agenda Capital

On Line - 2ª, 3ª e 5ª às 21:00 h